13/01/2020 17h13

Sedu finaliza curso de ‘Formação Google’ para Técnicos Pedagógicos

Formação encerrada nesta última sexta-feira (10) atingiu 100% de cursistas concluintes.

Com objetivo de aprimorar e desenvolver habilidades necessárias ao manejo das ferramentas Google de auxílio a Educação (Google for Education), a Secretaria da Educação (Sedu) promoveu, entre os meses de setembro de 2019 e janeiro deste ano, o curso de formação “Move to Google” a 50 membros das equipes pedagógicas. Deste modo, nesta última sexta-feira (10), todos os cursistas se tornaram aptos a atuarem como multiplicadores nas escolas, tendo em vista a necessidade de criar uma cultura digital para quem elabora e executa as políticas educacionais da Sedu.

O curso contou com carga horária total de 50 horas, distribuídas entre encontros presenciais e formação online através da plataforma “Google Sala de Aula”. A ferramenta é utilizada também pelo professor, que pode criar turmas, distribuir tarefas e notas, enviar recados e monitorar o desenvolvimento dos alunos, buscando assim a promoção de práticas pedagógicas mais interessantes, personalizadas e eficientes do ponto de vista do desenvolvimento de competências do mundo contemporâneo.

A técnica pedagógica da Sedu Digital, Érica Rezende Perini, destacou que todos os cursistas concluíram as etapas necessárias e irão ser certificados. “Este curso promoveu a apropriação das ferramentas Google no trabalho pedagógico no âmbito das ações educativas. O monitoramento foi um fator determinante para o sucesso do curso, uma vez que facilitou o entrosamento da turma com os professores e os tutores e, graças a isso, encerramos a formação com 100% de conclusão”, contou.

Informação às escolas:
Sugestões de notícias devem ser enviadas para o e-mail pauta@sedu.es.gov.br

Informações à imprensa:
Assessoria de Comunicação da Sedu
Mirela Marcarini / Geiza Ardiçon
(27) 3636-7705 / 7706/ 7707/ 7888 / 99956-2479 / 99802-9043
mirelamarcarini@sedu.es.gov.br / gardicon@sedu.es.gov.br

 

2015 / Desenvolvido pelo PRODEST utilizando o software livre Orchard