10/12/2021 00h00 - Atualizado em 23/11/2021 09h42

Aplicação da prova do SAEB continua até o dia 10 de dezembro nas escolas públicas e privadas

Os resultados serão usados para calcular o Ideb, por exemplo, que considera o desempenho dos alunos no Saeb e os dados de fluxo escolar do Censo Escolar.

A aplicação as provas do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb) nas escolas das redes públicas e privadas segue até o próximo dia 10 de dezembro. Esta edição conta com a participação amostral de turmas de escolas da Educação Infantil, por meio de questionários, a aplicação amostral de provas de Língua Portuguesa e Matemática para turmas do 2º ano do Ensino Fundamental e de provas de Ciências Humanas e Ciências da Natureza para turmas de 9º ano do Ensino Fundamental. Neste ano, também serão aplicados os Questionários Eletrônicos para diretores, secretários municipais de Educação e professores ou auxiliares de Sala da Educação Infantil.

A coleta de informações para diferentes atores e em diferentes etapas escolares permitirá a ampliação de informações sobre a Educação Básica brasileira e fornecerá evidências para a formulação e reformulação de políticas públicas educacionais.

O Saeb utiliza dois tipos de instrumentos:

- Testes cognitivos, a serem aplicados aos alunos dos respectivos anos avaliados. Contemplam as áreas do conhecimento Língua Portuguesa (LP) e Matemática (MT). Em 2021, uma amostra de estudantes do 9º ano do Ensino Fundamental também fará provas de Ciências da Natureza (CN) e Ciências Humanas (CH).

- Questionários (Impressos e Eletrônicos), a serem aplicados aos alunos, professores, diretores e secretários municipais de Educação. Coletam informações sobre fatores socioeconômicos e de contexto que podem auxiliar na compreensão do desempenho nos testes. Portanto, é imprescindível que os professores da turma e diretores estejam presentes nos dias da aplicação.

SAEB

O Saeb é um sistema de avaliações externas realizadas anualmente e em larga escala, por meio da aplicação de testes cognitivos e questionários de contextualização aplicados ao final de cada etapa da Educação Básica. O sistema reflete os níveis de aprendizagem demonstrados pelos estudantes avaliados, explicando esses resultados a partir de uma série de informações contextuais.

Os objetivos do Saeb são avaliar a qualidade, a equidade e a eficiência da educação praticada no País, em diversos níveis governamentais; produzir indicadores educacionais, com o incremento das séries históricas; subsidiar a elaboração, o monitoramento e o aprimoramento de políticas públicas em educação baseadas em evidências; e desenvolver competências técnica e científica na área de avaliação educacional, ativando o intercâmbio entre instituições de ensino e pesquisa.

O público-alvo é formado por estudantes, professores e gestores da Educação Infantil, sendo avaliados os 2º, 5º e 9º anos do Ensino Fundamental e 3ª ou 4ª série do Ensino Médio. A participação é censitária para as redes públicas de ensino e amostral (depende da série/ano) para a rede privada.

No Espírito Santo, em 2021, as avaliações do Saeb estão sendo aplicadas de forma impressa. Os resultados do Saeb são utilizados no cálculo do Ideb, principal indicador de qualidade da Educação Básica do País. Além de agregar ao enfoque pedagógico das avaliações em larga escala, a possibilidade de resultados sintéticos, facilmente assimiláveis, e que permite traçar metas de qualidade educacional para os sistemas. O índice também é um importante condutor de política pública em prol da qualidade da educação. É a ferramenta para acompanhamento das metas de qualidade para a Educação Básica.

 

Informações à Imprensa:
Assessoria de Comunicação da Sedu
Mirela Marcarini / Geiza Ardiçon / Soraia Camata

 

 

 

 

2015 / Desenvolvido pelo PRODEST utilizando o software livre Orchard

Script LAI